Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


terça-feira, 20 de julho de 2010

MEU BEM VER.


Senti muita tristeza.
Mas senti também pureza.
A vida é uma incerteza.
Mas não deixa que amadureça.

Posso sentir com certeza.
Que talvez, o problema desapareça.
Espero que não perca.
Esperança com clareza.

Hoje vivo bem.
Não preciso de alguém.
Que sempre diz o que tem.
Mas que mal tem?
Sentir prazer e fazer bem.

È. Assim viverei.
Agora marco comigo.
Momentos de viver.
Momentos de esquecer.

Lembro muito de você.
Mas è difícil e faz doer.
Minhas pernas pensaram em perder.
Mas sei que crescer, pra voltar a correr.

Esse momento vai viver.
Pra você, voltar a morrer.
Muito obrigado, minha vida, a você.

2 comentários:

Renata Spinelli disse...

É muito bom colocar os sentimentos para fora da maneira que conseguimos e sem ferir ninguém. Parabéns pelas poesias!

Josy Poulain disse...

muito legal a maneira como c tece as palavras moço, nunca mais escrevesse... õ/