Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

EU MAIS EU.

Ontem reencontrei os bens mais valiosos que tenho aquele abraço que havia perdido há tempos, aquele abraço que resiste ao tempo e a solidão. O tempo è triste, meu amor, mas eu viverei em paz, para que não sofra mais. Tudo aquilo que passamos estará guardado dentro de mim, deixando de lado o desespero, sempre sorrindo adiante, sem ter tanta magoa assim... Num mundo sem você!

ENCONTRAR-SE.

Encontra-se num mar, onde nada o a de acalmar.
Um frio penetrante, o maltrata sem falar.
Num tom alucinante, nada mais pode se esperar.
Esperança de algum dia, tudo melhorar.

A minha musa desapareceu, nada foi, um dia me esqueceu.
Tudo foi já não sabe que me perdeu.
Foi um sonho, que logo derreteu.
inventá-los, não foi o que me prometeu.