Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


terça-feira, 20 de julho de 2010

VOCÊ RESISTE.


Sou um romântico, não meloso, não simpático.
Sou lunático, sem tempo, sem noção.
Sinto que sou pratico, não perco nada não.
Que medo tem então?

Sou o cara que te deu perdão.
Estendi-te minha mão.
Dei-te meu coração.
E você não deu valor não.

Por quê?
Por quê?
Causei-te tanta magoa assim?
Você desapareceu.

Nem sinal deu pra mim.
Minha melhor amiga, meu amor era sim.
E me deixas assim?
Não acreditei, mas está sendo um mar sem fim...

Nada mais existe, o tempo è triste sem você.
Meu amor!
Meu amor!
Nunca te ausentes de mim.

Para viver em paz, para que não sofra mais!
Por que tanta magoa assim...
Não vale pra você, nem pra mim.
Eis algo que me fez compreender.
Bons momentos não irão esquecer.

Nenhum comentário: