Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


quarta-feira, 7 de abril de 2010

CIELITO.

Cielito lindo, amigo despido de un sonido.
Corazón fuerte, miente peor que un marrete.
Quantos años he logrado sin perdón en el carrete.
Escuchame mi amor y no empiezes.

A pedir por lo que no soy, mientras desaparece.
Tu no sabes lo que soy, nada mas envejece.
Quanto tiempo no duermo, mis sueños ya no aparecen.
Dios mio que calor, tu alma se congela en el campestre.
No digas que ya no soy, el dia amanece.

Nenhum comentário: