Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


segunda-feira, 2 de maio de 2011

QUEM SABE, SABE...


Aprende que o mínimo a se fazer, se faz.
Descobre o que nem uma princesa satisfaz.
Arrepende-te meu rapaz!
Esclarece teu coração do que és capaz.

Tantas perguntas medíocres, o mínimo que se espera é paz.
Muitas voltas ao mundo deixando tudo para trás.
É! Admito... Hoje as coisas são fugazes.
Ahhh! Se fosse um tempo atrás.

Desprezo! É consumismo demais!
Os sociais já não sabem mais.
Que o mundo feliz muitas vezes, distrai.
Quando menos esperamos alguém, nos trai.

Chamam isso de felicidade?
Ou curvam-se a infelicidade?
São muitas atrocidades... Desperta este brilho que ainda arde.
Me procura quando for um pouco mais tarde.
Por que quem sabe, sabe...

Nenhum comentário: