Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


segunda-feira, 9 de maio de 2011

O PERIGO.


Tão simples como uma rosa.
Eu não deixarei cair no chão.
Vem ao meu encontro.
Que te beijarei a mão.

Segue teu caminho, sem esquecer nossa canção.
Nossa vida um pergaminho, ou um jogo de gamão?
Darei a esperança, para meu coração.
Arrepender-me-ei, por dizer-te então.

Sinto muito com carinho e com afeto, por esta situação.
Não é fácil não.
Chega à saída, me aperta a razão.
Quero agarrar-te, não te deixar ir em vão.

De repente, senti está paixão.
Movida de pecado e tentação.
Sinônimo de dois jovens.
Que não ouvem, nem pensarão.
Muito perigoso, este caminho machuca uma mente e o coração.

Nenhum comentário: