Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


terça-feira, 3 de maio de 2011

DESEJOS.


São interpretadas da forma que quiser...
Espantadas ou relaxadas.
Uma beleza sem igual quando bem amadas.
Algo descomunal sem ao mínimo serem tocadas.

A pureza de suas almas no coração.
Destrincham como uma canção.
Transborda como a água que desce num paredão.
Linda, saborosa, cheia de tesão...

Ahh! É bela! Bela... Faz de ti meu doce.
Faz de ti o sal.
Faz de ti o cálice do vinho.
Faz em mim, um pouco de carinho!

Ahh! O carinho...
Um toque suave do seu corpo, grudadinho.
Nossos lábios encontram-se.
Perdidos como num pergaminho.

E os beijos? Ahh! Os beijos...
Nosso céu de desejos.
Calam-me quando sempre os vejo.
Ando meio perdido neste sonho, mas nem percebo.
Dos desejos...

Nenhum comentário: