Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


segunda-feira, 18 de abril de 2011

O MEU ATUAL EU.



São tempos gloriosos.
Cheio de amor e sem remorsos.
Vivenciando o dia-dia, sem receio perigoso.
Comemorando este tempo novo.

Ah! Como tem sido maravilhoso!
Amanheço feliz e dengoso.
Muitos carinhos eu ganho a rodo.
O tempo é curto, mas eu brinco um pouco.

Sem muito esforço faço um esboço.
Não parece antes.
Quando ia ao fundo do poço.
Hoje nem sei o que é isso moço.

Aprendi que nada disso te faz pouco.
É preciso crescer, sem apelar por reforço.
Pra seguir adiante, como sonhos de um corajoso.
Que nunca se rende aos encantos de um porco.

Espantei as noites que não dormia.
Que alucinava meu sono durante o dia.
Fiz tantos planos, agora só os fiz mudar.
Encontrei tempo pra me encontrar, e nada vai me fazer perder.
Encarei, pra não mais esquecer.

Um comentário:

Aquarela disse...

Um dia vou sentar-me a meu lado e ouvir tudo o que tenho para me dizer... não me vou interromper! a primavera nao (re)nasce antes do inverno se ter! (...)

...todos precisamos de encontrar tempo para nos encontrarmos!

bjs