Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


terça-feira, 26 de abril de 2011

EVOLUÇÃO.


Ah! Estou como tem que ser.
Já está na hora da paz sobreviver.
Num momento é a besta na outra, o homem.
É a evolução amor!

Ficam correndo como loucos livres.
Cheios de atrocidades e sem limites.
Estou vivo e ainda quero viver.
Manha de gloria tem que aparecer.

Defeitos do ser. É! É a evolução amor...
Já não vejo o que se tem a fazer.
Desaparecer, ou conviver?
Isso sim vou bem dizer.

Sejam os lugares que for.
Viveremos no meio da irresponsabilidade.
E sem a menor estabilidade.
Nada disso é adequado!

Quero apenas alcançar o outro lado do rio.
Pouco a pouco preencher o vazio.
Sobre tudo porque, nem tudo está perdido.
E ainda existe o suspiro...

Nenhum comentário: