Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


quinta-feira, 13 de maio de 2010

ANTES, AGORA E DEPOIS.

Lembro-me de como era antigamente.
Uma inocência que só vendo...
Que olhos tão lindos, inesquecíveis.
Brincadeiras e aventuras intermináveis.

Paixão a flor da pele, contagiantes.
Alegria estampada, sem infidelidades.
Vontade de batalhar juntos em fraternidade.
Minha amiga companheira deixou de lado sua vontade.

Imaginar promessas de amor, instáveis.
Tristeza sem dores curáveis.
Um adeus e tudo terminaram em individualidade.
Doa quem doer, não passou de imaturidade.

Lagrimas de quem sofreu, parece que nada foi de verdade.
Jamais tomarás o que è meu, imunidade.
Meu trajeto me favoreceu pela humildade.
O mundo me agradeceu eventualidade.

Agora que sou eu, te conto minha verdade.
Não sabe o que perdeu amor pra toda eternidade.
Libertei-me de um ateu, adeus saudade.
Estranhei uma ligação, por vaidade.

Não me conheceria melhor, se não fosse a liberdade.
O plano mudou, não tinha muita idade.
Vou ganhar o meu céu.
Muito amor espalhará pela cidade.

Nenhum comentário: