Considerações aos leitores.

Uma janela de minha vida está aqui, nada mais é que uma simples forma de expressão. Poesias e momentos atuais serão postados. As portas estão abertas para todos vocês.


Muito grato pela visita.



Rafael Echeverria.


segunda-feira, 18 de abril de 2011

COMIGO MESMO


Com amor, comigo mesmo!
Eu vivo com minha reflexão.
Não há ninguém mais, então, tomo minha própria direção.
Farei tudo somente por mim.

Com amor, comigo mesmo!
Eu posso seguir diferentes caminhos.
Mais irei sentir somente em mim.
Não tente me completar.

Com amor, comigo mesmo!
Eu não preciso de ninguém.
Afinal de contas, eu continuo vivendo.
E isso é um presente.

Com amor, comigo mesmo!
Eu consigo sentir, sem precisar de alguém.
Eu consigo a perfeição.
Nem precisam fazer nada por mim.

Com amor, comigo mesmo!
Eu consigo ser para sempre!
E ainda continuo vivendo.
Não é um presente?
Com amor, comigo mesmo...

2 comentários:

Aquarela disse...

Existirá maior presente do que a capacidade de nos amarmos a nós proprios? Certamente que não!

Parabéns pelos poemas!

Rafael Echeverria disse...

Muito grato.